Categoria: Istoé

Meu artigo no Istoé: Bolsonaro presidente. Até quando?

  Estamos vivendo o momento político mais grave desde a promulgação da Constituição, em outubro de 1988. É a crise […]

Istoé: Precisamos salvar o Brasil do bolsonarismo.

  Os tambores das tropas de assalto bolsonaristas anunciam o golpe. Não há dia sem alguma notícia de ameaça ao […]

Bolsonaro e sua pandilha na cadeia.

A CPI da pandemia se transformou, como seria de esperar, o locus privilegiado da luta política.
Vale lembrar, que estamos assistindo a CPI mais importante deste século.
A caterva transformou a pandemia em uma grande ocasião de negócio, uma oportunidade de golpes milionários contra o interesse público, independentemente de que as ações poderiam agravar ainda mais o quadro pandêmico.Neste caso, o que mais chama atenção é que não importou aos quadrilheiros que milhares de brasileiros estavam morrendo a cada dia.
O cenário, agora, é de intensificar a luta política pelo impeachment. Não deve ser descartado que, numa situação limite, Bolsonaro possa renunciar.
Bolsonaro: impopularidade, isolamento político, caos social e corrupção. Bangu 8 poderá ser a sua nova moradia.

Artigo do Prof. Villa na Istoé : “A carnificina bolsonarista”.

O nazifascismo bolsonarista estabeleceu na morte o foco de sua ação política. O desprezo pela existência humana atingiu o ápice. Como não há guerra externa, restou aos extremistas atacar, pelo negacionismo, os brasileiros. A carnificina sem fim é o objetivo central dos genocidas. Resistir é uma tarefa de sobrevivência nacional.

Como de hábito — e a história republicana tem vários exemplos — a reação é normalmente tardia. Mas quando vêm, chega com força e de forma surpreendente.

As primeiras grandes manifestações de rua, somadas às pesquisas de impopularidade, o agravamento da pandemia, a lenta recuperação econômica, podem interromper a matança antes que seja tarde demais.

Meu artigo na Istoé: “Genocídio revelado”.

A CPI vai apresentar ao Brasil a ação genocida de Bolsonaro. Só que não em um pronunciamento de algum especialista, ou em uma reportagem. Desta vez teremos no prédio do Senado, em plena CPI, com a cobertura de toda imprensa nacional e internacional, e transmitido pela televisão, ao vivo, os relatos devidamente fundamentados sobre a maior tragédia sanitária da história do Brasil republicano. Se agregarmos o que a CPI vai revelar – antes até da conclusão dos seus trabalhos – com o brilhante documento da OAB, temos o cenário pronto para o impeachment. Bastará, então, fazer política republicana.

Meu artigo na Istoé: “Perto do caos social.”

Bolsonaro sempre defendeu torturadores, ditaduras, insuflou a guerra civil e até advogou pelo fuzilamento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

Meu artigo na Istoé: “Impeachment antes que seja tarde”

  Jair Bolsonaro é a maior ameaça ao Brasil. E não é de hoje. Atacou as instituições e propagou o […]

Na Istoé entrevista do Prof. Villa a Ciro Gomes.

  Fiz questão de entrevistar Ciro Gomes no meu canal do YouTube (Blog do Villa-Marco Antonio Villa). Identifiquei que, na […]

Meu artigo na Istoé: “Bolsonaro e o Brasil invertebrado.”

  Jair Bolsonaro é produto de múltiplos fatores. Passa pelo descrédito da política tradicional, pelos escândalos do mensalão e do […]

Meu artigo na Istoé: “Bolsonaro não está livre do impeachment.”

  O Brasil vive uma situação curiosa. Temos um presidente da República que, no exercício do cargo, mais crimes de […]