“O preço da liberdade é a eterna vigilância.” 

Havia uma conspiração para deixar Lula fora da prisão. Queriam destruir a República.

Mas nós, brasileiros, vencemos.

O jornaleiro citado pelo ministro Gilmar Mendes representa os brasileiros de bem. E ele também venceu!

Temos de estar atentos. Os traidores da Pátria são insaciáveis e vão tentar  novas manobras para impedir que Lula seja preso.

Serão necessárias muitas batalhas. E muito difícil vencê-las com a atual estrutura institucional que está carcomida e é imune à mudança.

Precisamos construir um novo país.

Deu n’O Globo a fala do ministro Gilmar Mendes  em Lisboa com seu comentário que também se refere aos “jornaleiros”:

 “Gilmar afirmou, ainda, que os julgamentos no Brasil tornaram-se midiáticos e comentou a atuação dos jornalistas e da população em geral.

— O processo público talvez tenha se tornado exageradamente público no Brasil. Assim como falávamos que tínhamos 100 milhões, 200 milhões de técnicos de futebol, agora temos 200 milhões de juízes. Todos entendem de habeas corpus. Isso não é mais conversa de jornalista, é de jornaleiro. São questões postas e temos que conviver com isto. O importante é que entendam do que se trata para depois emitir opinião e nem sempre isso acontece. Temos que melhorar a relação da informacão do público e daqueles que comentam.”

O país do futebol, agora é o país da politica.

E isto é um bem para a democracia.