Nós falamos em eleições e pesquisas, mas o Brasil real tem mais de 900 mil pessoas na fila por operações no SUS e falta de medicamentos para transplantados.