Crivella, o Estado laico e o fura-fila nada republicano.
Ontem a maioria dos vereadores da Câmara Municipal do Rio de Janeiro votaram contra a abertura de uma comissão para investigar a administração do prefeito Crivella.
Quatro ausências de vereadores na votação, entre os quais: “Mãe loira do funk” e Carlos Bolsonaro.

Por quê Carlos Bolsonaro faltou em votação tão importante para a cidade do Rio de Janeiro?
Quais são os reais valores da família Bolsonaro?

Dilema: ter mais votos dos evangélicos nas próximas eleições ou fazer a coisa certa, seguindo valores éticos, morais e republicanos?
Crivella, quando for “twittar” não misture Deus com política.
Eleitor, quando for votar, analise bem se a retórica de seu candidato é conivente com as suas ações.