Mudar o nome de favela para comunidade não resolve situação social precária.

A expressão “favela” nasce em 1897 e se consagra por todo séc. XX brasileiro.

Resolveram trocar a palavra favela por comunidade, como se a mudança da palavra alterasse a situação precária e desumana das pessoas que alí vivem.

Na favela não existem espaços de sociabilidade,as pessoas estão expostas à violência e até a doenças como a tuberculose.

Isto em pleno séc. XXI, pois muitas “casas” não tem sequer janela!

O problema das favelas não se resolve com discurso e idealização das condições de miséria e sim com a ação política.

Quem tem coragem de enfrentar o problema das favelas?