Exclusivo: General Villas Bôas, Comandante do Exército, é entrevistado pelo historiador Marco Antonio Villa.

Na entrevista exclusiva são abordados temas como segurança pública, identidade nacional, crime organizado, intervenção federal no Rio de Janeiro,fronteiras,direitos humanos, as próximas eleições,o papel do Brasil no mundo,entre outros aspectos importantes presentes na grave crise estrutural em que o país se encontra.

Sobre as drogas, o General Villas Bôas afirmou: “Elas são um grande combustível das organizações criminosas. Aumentam a capacidade de contaminação em outras instituições e partes do país”.

Ainda,segundo o General Villas Bôas, nosso país “está à deriva”, sem cumprir um papel específico no mundo e que a intervenção federal além de ser “bem feita”, deveria ser “estendida por todo o país”.

Assista na íntegra a entrevista:

2 comentários sobre “Exclusivo: General Villas Bôas, Comandante do Exército, é entrevistado pelo historiador Marco Antonio Villa.

  • E a situação está quente e continua esquentando – Incidente envolvendo o candidato Jair Bolsonaro é mais uma prova deste fato -Calor” da campanha eleitoral.

  • Se não pode fechar” fronteira -Deve-se permitir também,a entrada indiscriminada de todo tipo de indivíduos e mercadorias-incluindo ARMAS,DROGAS E MERCENÁRIOS!.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.