Janot (ex-PGR) se referindo ao novo diretor-geral da PF: “Ele é mesmo um pau mandado.”

Posse de Fernando Segovia foi preocupante pelos presentes na cerimônia e as declarações do novo diretor- geral da PF.

Segóvia representa uma Instituição, a Polícia Federal e não pode agir comprometido mais com quem o indicou para o cargo do que com a PF.
Segundo Segovia, as malas de Loures nada provam. E as de Geddel, também não?
Deu n’O Globo, novo diretor geral da Polícia Federal Fernado Segovia se referindo à mala encontrada com Rocha Loures que continha R$500mil:
“Se fosse sob a égide da PF, essa investigação teria de durar mais tempo porque uma mala talvez não desse toda a materialidade criminosa que a gente necessitaria para resolver se havia ou não crime.”

“O ex-procurador-geral Rodrigo Janot reagiu na noite desta segunda-feira às criticas do novo diretor-geral da PF, Fernando Segovia ,em relação às delações dos dirigentes da JBS, que resultaram em duas denúncias contra o presidente Michel Temer. Nesta segunda-feira, Segovia disse que a investigação foi encerrada antes do tempo e que mala apreendida com o ex-assessor do presidente Rodrigo Rocha Loures não serviria como prova. Segundo Janot, Segovia desconhece as leis e menospreza o trabalho da própria Polícia Federal.”
Ele é mesmo um pau mandado — disse Janot.

2 comentários sobre “Janot (ex-PGR) se referindo ao novo diretor-geral da PF: “Ele é mesmo um pau mandado.”

  • Professor,você tem que desenhar toda á cena da mala.Assim,o novo diretor da PF entenderá.O mundo todo já sabe do envolvimento do presidente Temer e o seu fiel escudeiro e sua mala.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.