Se Palocci delatar, atinge PT, elite política e sistema financeiro.

Deu n’O Globo:

” O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve nesta quinta-feira (12/04) o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci preso. Ele está na carceragem da Polícia Federal em Curitiba desde setembro de 2016 e continuará atrás das grades por tempo indeterminado.

Segundo o relator, Edson Fachin, Palocci é perigoso e, por isso, deve continuar preso.

Concordaram com o relator os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Rosa Weber, Celso de Mello e a presidente, Cármen Lúcia. Por outro lado, os ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello defenderam a libertação de Palocci.”