Do ponto de vista moral, é correta a atitude do ministro Gilmar Mendes?

Segundo a revista Valor, o ministro Gilmar Mendes usou recurso público para interesse privado.

Deu no Valor:

“O ministro Gilmar Mendes usou verba da cota de passagens do Supremo Tribunal Federal (STF) para se deslocar de avião a um compromisso pessoal, o casamento da enteada dele, a advogada Maria Carolina Feitosa.

O Valor entrou em contato com a assessoria de imprensa de Gilmar Mendes e perguntou se o ministro considera correto, do ponto de vista moral, o uso de verba do STF para custear viagem com o propósito de participar de um evento de sua agenda privada. No entanto, não houve resposta do ministro até o fechamento dessa edição.”

Assista ao comentário do Prof. Villa na Jovem Pan.

4 comentários sobre “Do ponto de vista moral, é correta a atitude do ministro Gilmar Mendes?

  • Isso de uma pessoa que possui uma situação financeira extremamente confortável e que é uma das pessoas mais poderosas do Brasil e praticamente sem chances de perder esse poder! Aí eu pergunto, o que motiva uma pessoa a fazer isso?

  • Professor Villa realmente é errado o uso de benefício público em questões pessoais.Gilmar Mendes erra sim!

  • O Gilmar é um ponto além das curvas.Um aparte,professor -Gostaria de ver numa dessas manifestações populares,criada pela R. Globo;O BRASIL QUE VOCÊ QUER” – Alguém,apresentando todas as figuras políticas e afins,sendo defenestradas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *