Prof. Villa na Jovem Pan: Sérgio Cabral e suposto dossiê sobre Bretas,Fernado Segóvia, novo diretor-geral da PF.

PF investiga suposta encomenda por Sérgio Cabral de dossiê sobre juiz Bretas.

E mais:

Deu na Veja: Para Dodge (PGR), a transferência de Cabral evitaria que ele, mesmo preso,“exerça sua condição de líder de organização criminosa, com força política e poder de influência inegáveis no Estado do Rio de Janeiro”.

Fernado Segóvia, novo diretor-geral da PF, não foi indicação do ministro da Justiça.
Ministro da Justiça,Torquato Jardim, não manda nem na própria pasta.

 

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.