Deu na Folha: Justiça condena por má-fé autor de pedido de indenização contra Marco Antonio Villa.”

Na coluna da Mônica Bergamo:

Justiça condena por má-fé autor de pedido de indenização contra Marco Antonio Villa

Igor Stefanelli alega danos morais por comentários feitos por Villa ao falar do presidente Jair Bolsonaro.

Uma juíza de Porto Seguro (BA) negou pedido de indenização feito contra o historiador Marco Antonio Villa e condenou o autor da ação a multa por litigância e má-fé. O processo foi movido por Igor Stefanelli, que alegou ter sofrido danos morais por comentários feitos por Villa ao falar do presidente Jair Bolsonaro.

ASSÉDIO

“O autor utilizou-se do Judiciário para constranger o requerido, por simplesmente discordar do seu ponto de vista, ciente da completa falta de fundamento de sua pretensão, em verdadeira campanha de assédio judicial”, diz a juíza Ive Neves Andrade na decisão.

Agradeço ao Dr. Alexandre Fidalgo, pela defesa intransigente da liberdade de expressão.

 

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.