Entrevista com o embaixador Paulo Roberto de Almeida que enfrentou o governo petista. E agora sofre pressão da extrema direita.

Confira a entrevista do embaixador Paulo Roberto de Almeida, demitido pelo ministro das Relações Exteriores Ernesto Araujo,do cargo de diretor do Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (Ipri).

Na entrevista o embaixador Paulo Roberto de Almeida elenca quebra de hierarquia, reformas sem consultas e um clima de perseguição nunca visto na Casa de Rio Branco.

A demissão foi motivada por publicações em blog pessoal do embaixador.

As publicações eram textos de Fernando Henrique Cardoso, Rubens Ricúpero e do próprio ministro Ernesto Araújo, todos tratando da crise venezuelana.

Agregou entre os motivos a sua independência de pensamento (recordou que enfrentou o governo petista durante 13 anos) e a pressão de um falastrão que vive nos Estados Unidos.

6 comentários sobre “Entrevista com o embaixador Paulo Roberto de Almeida que enfrentou o governo petista. E agora sofre pressão da extrema direita.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.