Guedes, o falastrão, agora não quer a nova CPMF.

Este é um governo sem rumo na economia.

O historiador Marco Antonio Villa está diariamente das 7h às 8h no “Jornal Primeira Hora” da Rádio Bandeirantes 92.1 FM/90.9 FM e 840 AM.

E também em seu canal YouTube “Blog do Villa – Marco Antonio Villa” com sua “LIVE” de segunda a sexta às 18:30.

Siga o historiador Marco Antonio Villa nas redes sociais:

Facebook: http://bit.ly/2lzenjj

Twitter: http://bit.ly/2jZ38QT

Instagram: http://bit.ly/2lCcG4E

E aqui no Canal Youtube, acesse: https://goo.gl/amUJJ3

3 comentários sobre “Guedes, o falastrão, agora não quer a nova CPMF.

  • O Ministro Paulo Guedes foi apresentado na candidatura do Bolsonaro como o “Posto Ipiranga da Escola de Chicago”, e um genio. Nas entrevistas tinha solução para todos os problemas do país. Era a historia do rei que tinha vestes muito bonitas, mas afinal era “o Rei está Nú”. Ele e Sergio Moro cairam na arapuca, segundo a qual teriam carta branca, mas afinal não era nada disso, porque o Bolsonaro vem dizendo, “quem manda sou eu”. Paulo Guedes encrencado …

  • >>>Bolsonaro e os pobres>>>. Bolsonaro é presidente de um país que tem mais de 60 milhões abaixo da linha da pobreza. E o que faz o presidente? NADA!!! Na campanha eleitoral nunca tocou no assunto, (e os jornalistas nunca perguntaram). Depois de tomar posse, e ao longo deste 8 meses, nunca abordou o assunto. É como se esses + de 60 milhões nem existissem…
    E muitos desses milhões de pobres votaram nele. Incrível, não é ?!!!

  • Sergio Moro tornou-se numa figura meramente decorativa no governo bolsonaro. Moro caiu numa armadilha, e agora não se sabe como irá sair dela. Bolsonaro tinha prometido, publicamente, que Moro teria independencia total para tomar as suas decisões, mas após o caso da Coaf no caso das “rachadinhas”, tudo mudou. Moro passou a ver a sua atuação limitada, e apenas isso… uma mera figura decorativa. Bolsonaro descumpriu a sua promessa.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.