Na íntegra. “Prof. Villa de Manhã” (06/06/2019).

AO VIVO de segunda a sexta às 8:00 horas no YouTube e Facebook.

Assuntos do dia.

Reforma da Previdência

– Trâmites legais para a aprovação da PEC da Previdência.

– O Executivo apresenta uma proposta ao Legislativo. Cabe ao Legislativo apreciar e analisar. Assim funcionam as democracias: O Legislativo não é obrigado a aceitar a proposta do Executivo e ponto final.

– O Congresso Nacional não pode alterar os regimes previdenciários das 27 unidades da Federação e dos mais de dois mil municípios com regimes previdenciários próprios.

Congresso Nacional: cenas do PSL.

Briga entre o senador Major Olímpio e a deputada Joice Hasselmann.

Tripé negativo do governo em ação

Damares está muito preocupada com os desenhos animados do Popeye e do Pica- Pau.

Argentina

– Como se já não bastassem as críticas de Bolsonaro, agora o vice-presidente Hamilton Mourão também faz críticas à Argentina.

– Viagem do presidente Bolsonaro. Será que o presidente vai elogiar Videla?

– Eleições em outubro.

– Parceiro comercial do Brasil.

– Inflação de 55%

– PIB – 1,2%: recessão

Orçamento impositivo

Limita a autoridade do Executivo. Após os gastos públicos, resta muito pouco para investimentos.

Amigo do presidente Bolsonaro com salário de R$55 mil

Na sua “nova política”, Bolsonaro designa amigo como assessor da presidência da Petrobras.

Deu n’O Globo :”Amigo particular de Bolsonaro será assessor da presidência da Petrobras com salário de R$ 55 mil.”

Privatização

Para privatizar uma estatal precisa de uma aprovação do Congresso?

Votação 2×2 no STF.

Crime organizado ataca a Petrobras

O crime organizado rouba petróleo bruto dos dutos da Petrobras, refina e fornece aos postos de gasolina ligados ao crime organizado.

Como é possível esconder uma refinaria?

Lula não quer usar a tornozeleira eletrônica.

Atlas da violência no Brasil: Seguraça Pública.

Regiões mais violentas: norte e nordeste.

Estado mais violento: Rio Grande do Norte.

Estado menos violento: São Paulo.

Matam-se mais pobres e negros. Este triste dado está ligado ao nosso processo histórico. O Brasil foi o último país a abolir a escravidão.

Políticas de cidadania para os negros de Joaquim Nabuco e André Rebouças foram impossibilitadas devido ao golpe militar republicano.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.