Na pior semana do governo já se fala em impeachment a la Paraguai:rápido.

E esta semana, o que vai acontecer?
O mercado não suporta mais o caos político e a má execução do exercício da Presidência.
Fatos que estão esquentando a crise política:
– Viagem a Dallas com agenda vazia e a recusa (depois da de Nova York) de mais um prefeito, desta vez, de Dallas em nao receber o presidente Bolsonaro.
– Cortes na Educação e a desastrosa presença de Weintraub na Câmara dos Deputados.
– Grande manifestação por todo o Brasil contra os cortes na Educação. O PT tentou instrumentalizar a manifestação, mas é muito claro que não era uma manifestação de petistas e sim de cidadãos brasileiros indignados com um governo que penaliza a Educação.
– Acusações graves do Ministério Publico contra o filho do presidente, então deputado e hoje senador, Flavio Bolsonaro: organização criminosa, lavagem de dinheiro e peculato ( desvio de dinheiro puúblico).
Além da relação de Flávio Bolsonaro com Fabrício de Queiroz.
– Reforma da Previdência caminha a passos lentos
– Queda da bolsa e a alta do dólar

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.