O fator de instabilidade política é Bolsonaro.

A estabilidade política é condição indispensável para a retomada econômica.

Impossível de se atingir a necessária estabilidade com Bolsonaro, que não agrega mas cria constantes atritos e instabilidades.
Bolsonaro não tem ideias.
Ele não tem estudo.
Não gosta da democracia, pois não tem argumentos e não tem reflexão.
Odeia os intelectuais com o seu exíguo vocabulário de 500 palavras.
Hoje o Brasil dos anos dourados assiste a uma mediocridade intelectual e a estagnação econômica marcada pelo grande desemprego.
A situação que estamos vivendo sinaliza o fim de um passado recente da velha política da qual Bolsonaro representa, sendo o elemento que impede a construção de uma nova ordem de progresso nacional.
E o homem “bomba” Fabrício Queiroz?
Ele não é o homem de confiança de Flávio Bolsonaro e sim de Jair Bolsonaro.
Fabrício Queiroz depositou dinheiro na conta da primeira dama Michelle Bolsonaro.
Qual a origem deste dinheiro?
Onde esta Fabricio Queiroz?
E Sérgio Moro?
Nada a dizer sobre Fabrício Queiroz e as últimas declarações de Bolsonaro ao presidente da OAB e a tortura no Brasil?

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.