É preciso deixar de lado discussão ideológica extremista e cumprir as atribuições legais do Ministério da Educação.