FullSizeRender(71)

Foto: Andressa Anholete/AFP

Trechos do discurso da presidente do STF Cármen Lúcia, durante Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia, na OAB-DF:
“A melhor forma de espancar dúvidas e dificuldades que sobrevenham para a democracia se dá exatamente por uma imprensa que seja livre”.
“Você é livre na sua capacidade de criticamente fazer escolhas na vida, e o cidadão é livre quando ele tem essa capacidade. O cidadão que não tem informação é um analfabeto político. É aquele que até tem o direito formal de participação, mas não tem como exercer livremente e responsavelmente esse direito”.
“Afirmo minha fé na imprensa livre, porque é um direito fundamental do cidadão, porque há na imprensa livre os dados que ele precisa para firmar suas convicções. E em segundo lugar é preciso que a imprensa seja livre para que eventuais tentativas de qualquer tipo de cerceamento e de restrição à democracia sejam apenas isso: tentativas infrutíferas”.
Fonte: Estadão.
Assista ao comentário do historiador Marco Antonio Villa sobre o discurso da presidente do STF Cármen Lúcia.

 

Clique aqui e se inscreva em nosso canal