Quando teremos um poder político que respeita as leis?

Deu no G1:
“Prefeito eleito de Osasco (SP), Rogério Lins (PTN), passa Natal preso.
Rogério Lins é suspeito de participar de um esquema de contratação de funcionários fantasmas na Câmara Municipal de Osasco, onde é vereador.
Segundo o Ministério Público, Rogério Lins, do PTN, e outros 13 vereadores de Osasco, na Grande São Paulo, contratavam funcionários fantasmas para seus gabinetes. Os fantasmas eram apadrinhados, que compartilhavam o salário com os vereadores. Os promotores estimam que o esquema tenha funcionado desde 2009 e causado um prejuízo de R$ 21 milhões à Câmara.”

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.