O PT criou o “leninismo da propina.” Sérgio Machado é uma pequena peça do maior escândalo de corrupção da história da humanidade. Temer agiu bem (e rápido) ao exonerar Jucá. As gravações não atingem o governo Temer. Diminuir o poder de Renan é bom para Temer. Governo tem de fazer e apresentar um raio X do que encontrou. O estabelecimento do calendário do impeachment é um dos fatos mais importantes da semana. Ninguém quer mais ficar no PT. Vai ter dois governos, um até a aprovação do impeachment; e outro depois até dezembro de 2018. O ministério também deve mudar. Na economia o governo começou bem. Também no Itamaraty. No projeto “lulocriminoso” o BNDES e Petrobras foram fundamentais. Aprovar a nova meta fiscal foi importante. E a despetização do Estado deve ser elogiada.