• Lewandowski rejeita recurso e Dilma terá até 48 testemunhas em impeachment. O recurso foi apresentado pelo senador Aloysio Nunes que defendia um número máximo de 16 testemunhas. Lewandowski multiplicou por três. Ele quer melar o julgamento. Seguindo este rito, o processo deve terminar em setembro ou até em outubro!! E o país vai ficar paralisado até lá.
  • A OAB tem de tomar posição. Não pode assistir de braços cruzados as manobras dos petralhas e de seus comparsas no julgamento do impeachment. Precisa, concretamente, prestar não só solidariedade, como também colocar seus especialistas para colaborar com a acusação.
Foto: Roberto Stuckert Filho.

Foto: Roberto Stuckert Filho.