O primeiro passo antes das reformas em 2017.