Os mecanismos de controle do Estado brasileiro são praticamente inexistentes.