“Mercosul veta Caracas na presidência e ameaça com suspensão em dezembro.”