“Estatais gastaram R$ 2,2 bi para contratar bancas de advogados. Todas tem corpos jurídicos próprios; só a Petrobras paga 36% deste valor.”
Não causa estranheza? Pedro Parente, novo presidente da Petrobras, poderia investigar. Afinal, quando assumiu, disse que uma quadrilha tinha tomado a Petrobras.