E com com apoio de ministros do STF. Se fossemos esperar o STF, Dilma estaria na Presidência, Lula voltaria em 2018, seria reeleito em 2022 e elegeria um poste em 2026. Curitiba jogou um papel fundamental na derrota do projeto criminoso de poder.

Clique aqui e se inscreva em nosso canal