Como rede de computadores da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo foi usada para atacar Aécio Neves, em 2014.