A conta do “legado” da Copa vai ficar para o contribuinte brasileiro e os responsáveis não serão acionados?