Força-tarefa da Lava Jato denuncia o ex-prefeito de Campinas, no interior paulista, o Doutor Hélio, do PDT.
O ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, e o ex-presidente do Banco Schahin, Sandro Tordin, também aparecem em acusação por lavagem de dinheiro.