E o Governo não explica como a reforma pode ajudar a favorecer os trabalhadores.