O governo fez bem em adiar a Reforma da Previdência para depois das eleições, assim questões políticas não interferem na Reforma que deve ser pautada pelos interesses do povo brasileiro e não por interesses políticos e de mercado.
Vale esclarecer que a Reforma da Previdência não se aplica para quem está na ativa e sim para aqueles que irão entrar no mercado de trabalho.
Precisamos de uma Reforma , pois não podemos acabar como a Grécia.