O historiador Marco Antonio Villa comenta o vídeo em que Marilena Chauí afirma que “Moro foi treinado pelo FBI para roubar Pré-Sal.”