A delação de Sérgio Machado causa muita estranheza. Mas o que é inaceitável, é Rodrigo “Enganot “Janot, atuar como Procurador Geral do PT e não da República, quando acusa o presidente interino Michel Temer, sem provas.

Clique aqui e se inscreva em nosso canal